o prazer de uma lingua  

rm_andre4041 59M
47 posts
2/8/2006 9:11 am

Last Read:
3/5/2006 9:27 pm

o prazer de uma lingua


O primeiro toque de minha lingua em sua vagina sempre extrai dos seus lábios um gemido. O caldo que escorre de você, nessa hora, faz com que a aspereza dela se transforme na maciez do veludo.
Há suavidade nele ‒ nesse primeiro toque -, mas o próximo já é agressivo. Ultrapassa a carícia o lamber sedento que faz seus gemidos aumentarem.
Você se contorce, delira e se entrega. Delicia-se com o ardor que começa a dominar o seu ventre.
Suas pernas se abrem, implorando que o carinho não cesse. Erguem-se para o alto na certeza de atingirem o paraíso.
Sua carne se retrai e se solta. Seu cérebro não pensa, porque só o prazer tem o domínio total e te devora.
A agressividade dela se acalma e as carícias suaves voltam a dominar, só aumentando o seu delírio. O pequeno ardor em você transforma-se em forte queimação. Escorre em suas entranhas lentamente como lava. Consistente jorra em abundância e ela ‒ a minha língua ‒ lambe, enquanto bebo sedento o seu gozo.

Become a member to create a blog