Uma hist  

amigos_coloridos 48M/36F
1 posts
5/26/2006 3:43 pm
Uma hist


Aqui vai uma história de um amor á primeira vista para quem não acredita que este tipo de amor exista. Eu também não acreditava mas aconteceu conosco e acho que merece ser contada.

Num belo dia 18 de Março de 2000, por volta das 14h00m, eu ia beber café a Carcavelos e encontrei uma amiga minha que se chama Patricia. Ela convidou-me para sair com uma sua amiga que eu por acaso, só tinha visto uma única vez com ela. Essa amiga era a Bia! Eu aceitei o convite, combinamos nos encontrar num supermercado de Cascais, onde elas trabalhavam, nessa mesma noite. Só á noite eu descobri que a Bia não sabia deste encontro e que só soube ao fim da tarde. Mas eu lá estava ás horas combinadas!
Para dizer a verdade eu não era para ir, mas como não tinha nada que fazer lá fui eu. Ela pelo que me contou também não era para aparecer,pois tinha medo de sair com um desconhecido.
Há hora combinada ela apareceu e nós saímos. Fomos a Feira Popular em Lisboa e divertimo-nos muito! Saímos de lá por volta das 24h00m. Nessa noite o Sporting sagrou-se campeão nacional e acabamos a fazer a festa com eles , enquanto seguiamos pela Marginal de Cascais, apesar de sermos simpatizantes do Benfica. Depois disto, ainda fomos comer um cachorro ao pé da praia de Oeiras.Estivemos lá um bocado a comer, a conversar e também a ouvir musica.
Como ela tinha que estar em casa cedo, fui lá leva-la.Combinamos eu ir ter com ela ao trabalho a seguir ao almoço, para irmos a Camarate, para a Bia ir dar umas prendas atrasadas ás sobrinhas.
E lá estava eu nesse dia.
O irmão dela dizia que nós éramos namorados e nós teimavamos que éramos só e apenas amigos.
Depois de sair-mos de lá viemos para minha casa ver um filme que eu tinha alugado nesse mesmo dia. O filme chamava-se "As Palavras Que Nunca Te Direi". Quando estávamos a ver o filme aproveitamos para adoçar a boca com uns caramelos de nata.
Então no meio do filme tudo aconteceu!
Por mais que nós tentassemos evitar, as nossas mãos teimavam em juntarem-se... Sem dar-mos por isso,começamos a dar as mãos... Ainda hoje não sei quem começou a beijar quem, só sei que não conseguimos evitar. Apartir desse dia começamos a namorar.
Começamos a sair os dois. Logo ao terceiro dia dei-lhe as chaves de casa e também as do carro. Não sei porquê mas o que sentia por ela era diferente de tudo o que já sentira por outra mulher. Era como se já nos conhecessemos aos anos!
No dia 26 do mesmo mês a Bia estava a trabalhar, quando teve um ataque de asma. Foi levada para o hospital, onde esteve 3 longas horas. Quando de lá saiu, sentia-se tão mal devido aos medicamentos, que me ligou para eu ir busca-la. Levei-a para minha casa, e lá, passamos o resto do dia juntos. Devido aos medicamento ela acabou por adormecer e acabei por a levar a casa só por volta das 23h00m.
Quando a Bia chegou a casa teve uma discussão com os tios dela, eles pediram-lhe as chaves da porta, e ela com os nervos saiu de casa.
Telefonou-me para eu não a ir buscar no dia seguinte a casa, como estava combinado, pois tinha de lá saido. Preocupado eu pego no carro e vou atrás dela.
Apanhei-a á beira da estrada, lavada em lagrimas. Levei-a para minha casa e deitei-a. No dia seguinte concordamos em viver juntos.
Passados dois anos casá-mos no registo, já estava ela grávida do nosso primeiro filho. Passados outros dois anos tivemos o nosso segundo rebento. Passados seis anos somos uma familia...
Mas a vida de casados não é fácil. Tivemos bons e maus momentos, mas quando uma pessoa ama tudo fica para trás.
Somos felizes! O nosso casamento, como tantos outros, tem altos e baixos, mas a vida é assim!
Como eu já disse antes, o amor é um sentimento muito forte, e quando se ama tudo se esquece.

urbietoris 42M
2 posts
6/10/2006 3:31 am

muito bonita a vossa história.

Felicidades,


Become a member to create a blog