Uma pergunta inquietante  

TernoDominador 67M
4 posts
8/22/2005 3:47 pm

Last Read:
3/5/2006 9:27 pm

Uma pergunta inquietante


És uma mulher. Estás-me a ler. Não sabes quem eu sou e eu não sei quem tu és.

A probabilidade de as nossas vidas se cruzarem por acaso é minúscula. E ainda mais pequena é a probabilidade de eu fazer de ti propriedade minha.

Mas admitamos que o improvável acontece: que direito terei eu de fazer de ti minha escrava?

Nenhum, mesmo que tu mo dês, se for para te destruir; todo, se tu mo deres e for para te construir.

Tens a certeza que sabes o que te destrói e o que te constrói?

rm_quite131000 51F

8/31/2005 8:21 am

As vidas não se cruzam por meros acasos.
Nenhum!
Sei o que me destroi e sei o que me constrói,sim.


lonlylady29 41F

11/2/2005 1:31 pm

cada um só pode ser destruído se assim o desejar, por vezes temos de ser parcialmente destruidos para depois podermos renascer ainda com mais vigor.


Become a member to create a blog