A meio...  

rm_caju3210 42M
2 posts
5/17/2006 4:04 am

Last Read:
8/11/2009 9:59 am

A meio...


[SIZE 10]Todas as coisas começam no início, mas eu não vou começar no início, mas sim no meio. Porque eu também não estou no inicio eu já estou no meio desta viagem que é a VIDA. Podia dizer que sou igual a tantos outros mortais com uma vida banal de ter um emprego de 9 horas diárias, de ter uma esposa e um filho que só vejo 3 horas por dia, de ter contas para pagar (casa, automóvel...) mas o resto? O fundamental onde está? Que eu não consigo encontrar! Será que a nossa existência se resume a está mediocridade???
2007/04/04 Há já muito tempo que não passava por aqui, mas a azáfama e o corrupio desta vida banal não tem dado para mais: levantar a correr,trabalhar, almoçar a correr, trabalhar ,jantar, estar uns breves momentos com o puto que quanto mais velho está mais terrorista está (melhor parte do dia) deita-lo e ir dormir a correr para o dia, seguinte fazer a mesma rotina. Comparo esta vida à de uma formiga que sai de manhã em fila indiana do formigueiro e volta novamente em fila indiana nunca nenhuma ultrapassando a outra e aguardando pacientemente pela sua vez porque os códigos de boa conduta, e moral estipulados pela nossa sociedade assim o exigem.! Os dias passam e cada dia vejo mais uma ruga de expressão na face, mais um cabelo branco (dizem que até dá um certo charme) isso não me preocupa, mas sim que o tempo passa eu como pessoa ainda não me sinto realizado, continuo numa busca incessante de sentimentos que me preencham com ser, talvez de encontrar a alma gémea (cada vez me convenço mais que não existem) de encontrar novas pessoas, novas relações, novos sentimentos que gostaria de partilhar com alguém...Quem sabe!? Por aqui vou estando.Serei eu um terráqueo diferente de todos os outros? … Penso que não...! Também não vivo a acima do limiar realidade, mas tenho os meus sonhos, as minhas fantasias, os meus desejos e esses estão acima de tudo. Eu catalogo-me como um ser QUE QUER AMAR, E SER AMADO INTEMPORALMENTE, por minha vontade todos os dias me deitava a fazer amor e me levantava a fazer amor, fazia amor até à exaustão das minhas forças, porque quando faço amor dou tudo o que tenho e quero que a outra parte faça o mesmo e quando isso acontece É TÃO BOM (e se desse ao meio dia ainda dava uns beijitos….)
Preocupações, problemas, dificuldades, todos temos, mas com má disposição também não os resolvemos! Por isso à que aproveitar as coisas boas que a vida nos dá e nunca sabemos quando ela chega ao fim desta forma sou humilde perante tal facto mas tento seguir a máxima APROVEITA O DIA AO MÁXIMO!11/08/2009 Boa tarde mais uma vez por aqui passei e como tinha algum tempo disponível (o que não é normal cada vez tem sido menos), decide lançar mais algumas palavras ao vento que é esta rede imensa de internautas. Mas deixemo-nos de divagações o Puto tem crescido a olhos vistos cada vez mais terrorista, ao olha-lo sinto um enorme fascínio por me aperceber que aquele pequeno ser já pensa à sua maneira claro e também manifesta a sua opinião contudo é extremamente belo pela sua pureza de sentimentos, ingenuidade e meiguice sem ainda estar poluído por esta socialização é isto que torna as crianças maravilhosas. Quando o observo revejo-me em tempos já passados, cheio de sonhos com vontade de abraçar o mundo e todos viviam felizes e em harmonia, sem preocupações, responsabilidades sem rancor ou vingança, não tinha computador, nem consola de jogos, mas tinha o verde em volta da minha casa e um grupo de amigos todos vizinhos com quem partilhávamos tudo, todas as brincadeiras e traquinices a idade. Chegava a casa sempre com umas enormes joelheiras, culpa dos Berlindes, da Bola ou do Peão sentia-me feliz naquele pequeno mundo. Mas a realidade da vida é tão diferente e faz com que nos tornamos duros, ásparos sem tempo para nada.


MePegaForteVai 106F

6/1/2007 2:11 am

Você se considera no meio da sua história de vida??? Com 32 anos de idade????????? Isso é sério?! Ou interpretei erradinho sua frase?!


rm_caju3210 42M
2 posts
6/13/2007 8:59 am

Interpretou correctamente porque acha que com 64 anos vamos ter a ambição de querer conquistar o mundo? Eu nem sei se aos 64 vou chegar quanto mais... Gostaria de viver até envelhecer mas com qualidade de vida se não, não vale apena.
Mas contudo obrigado pelo seu comentário!


Become a member to create a blog