O Amor e a Loucura  

azoresboy 38M
13 posts
1/4/2006 9:36 am

Last Read:
10/26/2009 4:54 am

O Amor e a Loucura


Contam que uma vez se reuniram todos os sentimentos e qualidades dos homens em um certo lugar da terra.Quando o ABORRECIMENTO havia reclamado pela terceira vez,a LOUCURA, como sempre tão louca, lhes propôs:

Vamos brincar de esconde-esconde?
A INTRIGA levantou as sobrancelhas indignada e a CURIOSIDADE, sem poder conter-se perguntou:

Esconde-esconde ? Como é isso ?

É um jogo, explicou a LOUCURA, em que eu fecho os olhos ecomeço a contar de um até um milhão, enquanto vocês se escondem. E quando eu encontrar o último, acaba o jogo. O ENTUSIASMO dançou seguido pela EUFORIA. A ALEGRIA deu tantos saltos, que acabou por convencer a DÚVIDA e até mesmo a APATIA que nunca se interessava por nada. Mas nem todos quiseram participar:
A VERDADE preferiu não esconder-se.Para que, né? Se no final todos a encontravam ?!?!? A SABEDORIA opinou que era um jogo muito tonto (no fundo o que a incomodava, era que a ideia não tivesse sido dela) e a COVARDIA preferiu não arriscar-se. Um, dois, três, quatro ... começou a contar a LOUCURA.
A primeira a esconder-se foi a PRESSA, que como sempre, caiu atrás da primeira pedra do caminho.A FÉ subiu ao céu e a INVEJA se escondeu atrás do TRIUNFO, que com seu próprio esforço, tinha conseguido subir na copa da árvore mais alta. A GENEROSIDADE, quase não conseguiu esconder-se, pois cada local que encontrava, lhe parecia maravilhoso para alguns dos seus amigos:
Se era um lago cristalino, ideal para a BELEZA. Se era a copa de uma árvore, perfeito para a TIMIDEZ.Se era o voo de uma borboleta, melhor para a VOLÚPIA. Se era uma rajada de vento, magnífico para a LIBERDADE ...O EGOÍSMO, ao contrário, encontrou um local muito bom desde o início, bem ventilado, cómodo, mas apenas para ele.A MENTIRA escondeu-se no fundo do oceano (mentira! na realidade, escondeu-se atrás do arco-íris)e a PAIXÃO e o DESEJO, no centro dos vulcões.O ESQUECIMENTO, não recordo-me onde escondeu-se, mas isso não é o mais importante ...Quando a LOUCURA estava lá pelo 999.999, o AMOR ainda não havia encontrado um local para esconder-se, pois todos já estavam ocupados, até que encontrou uma roseira e, carinhosamente, decidiu esconder-se entre suas flores.Um milhão, contou a LOUCURA e começou a busca.A primeira a aparecer foi a PRESSA, a três passos de uma pedra.Depois, escutou-se a FÉ discutindo com Deus, lá no céu, sobre zoologia. Sentiu vibrar a PAIXÃO e o DESEJO nos vulcões.Em um descuido, encontrou a INVEJA e, claro, pode deduzir onde estava oTRIUNFO. O EGOÍSMO, não teve nem que procurá-lo.Ele sozinho saiu disparadO de seu esconderijo que, na verdade, era um ninho de vespas.De tanto caminhar, sentiu sede e aproximou-se de um lago e descobriu a BELEZA.A DÚVIDA foi mais fácil ainda, pois a encontrou sentada sobre uma cerca sem decidir de que lado esconder-se.E assim, foi encontrando a todos.O TALENTO, entre a erva fresca. A ANGÚSTIA, em uma cova escura.A MENTIRA, através do arco-íris (mentira ! estava no fundo do oceano) e até o ESQUECIMENTO, a quem já havia esquecido que estava brincando de esconde-esconde.Apenas o AMOR não aparecia em nenhum local.A LOUCURA procurou atrás de cada árvore, embaixo de cada pedra do planeta e em cima das montanhas.Quando estava a ponto de dar-se por vencido, encontrou um roseiral. Pegou uma forquilha e começou a mover os ramos, quando no mesmo instante, escutou um gemido. Aproximou-se e percebeu que os espinhos tinham ferido o AMOR nos olhos. A LOUCURA não sabia o que fazer para desculpar-se.Afinal, o amor estava cego. Chorou, rezou, implorou,pediu perdão e prometeu ser, eternamente, seu guia.E então, desde que pela primeira vez se brincou de esconde-esconde na terra:

O AMOR é cego e a LOUCURA sempre o acompanha.

A todos que lêem este texto agradecia que comentassem. A mim posso dizer que me tocou um bocado no coração e deixo aqui uma pergunta no ar que gostaria de a ver respondida:

SERÁ QUE AMAR ALGUEM LOUCAMENTE É BOM PARA NÓS???

AGRADECIA COMENTÁRIOS

AZORESBOY 2006

lonelyheart965 52F
3 posts
10/30/2008 6:04 pm

Olá:
Foi um mero acaso que me fez "tropeçar" no teu perfil. Não resisti a dar uma espreitadela no teu blog e deparei-me com este texto, que por acaso já conhecia. Devo dizer-te que também gosto especialmente dele porque consegue dar uma ideia bastante real do que são os sentimentos e/ou qualidades das pessoas: é um belo retrato.
Quanto à tua questão final, quero dizer-te que pela minha experiência de vida, não vale a pena amar ninguém loucamente: isso é anular-se, é diluir-se, é não viver, é dependência. Ninguém tem o direito de te "roubar" a alegria, a liberdade, a felicidade. Se amas loucamente, vives para esse amor e esqueces-te do resto: de viver para ti e por ti.
Amar é bom, mas sem loucuras, sem cegueiras, porque quando o amor acabar (sim, porque ele também acaba!!!!), a dor e o desespero, a tristeza e a saudade vão-te consumir, vão-te fazer sofrer e chorar e nessa altura o sentimento é tão somente de infelicidade e solidão.
Ama sem loucura, mas com a certeza que estás a dar o teu melhor e ao fazê-lo, estás a receber de volta na mesma medida. Só assim encontrarás o caminho para a FELICIDADE!

Bj

Lonelyheart


prazerpeloprazer 50F

3/14/2009 4:16 pm

Amar Loucamente? É 1 Dolorosa , tipo "ataque ao miocárdio"...Mas não há mal que dure sempre,Heheheeheheheh! Comcerteza que não, mas se quer fazer um teste e um desafio a si próprio, pq não? Aconselho-o aqui neste site indeçente, começar por "Foder toda a Noite" e então noutro sitio, Amar Loucamente, doa o que doer....Hheheheeheheheh!

Beijos


creativeqb 38F

8/18/2009 6:30 pm

Sim, senhor...andas muito inspirado!!
Pelos vistos a musa anda a fazer o efeito desejado

Beijos


Become a member to create a blog