Oh Noes Another Poem  

Sad_Man_Alone 41M
36 posts
3/30/2006 11:33 am

Last Read:
3/30/2006 11:56 am

Oh Noes Another Poem


MUROS

Quem me procura?
quem me tenta encontrar,
por detrás dos muros que me encerram?
Esses muros altos que me escondem?
Quadrado fechado onde me refugio,
de um mundo que temo?
Quem és?
pergunto eu à brisa que uiva por cima de mim.
Porque me procuras?
indago indignado,
pela sua invasão da minha privacidade?
Porque me procuras?
Porque não me deixas só?
Porque teimas em me desvendar?
Grito eu acocorado a um canto,
morto de me medo que me desvendem...
Não sei quem és... penso.
Não sei porque me persegues,
não te quero conhecer.
Não quero ver ninguém.
Não quero saber noticias desse mundo que me aterroriza.
Deixa que a doce ilusão perdure.
Não quebres os meus muros de silêncio,
opacos pela vergonha que sinto de mim.
Deixa-me...
Deixa que a solidão me acolha nos seus braços.
Deixa que a ilusão me aqueça no seu corpo.
Deixa que tudo seja um sonho,
que o viva só e sem sofrimento.
Deixa-me...
Decidi morrer para um mundo,
onde não me compreendem.
Que não compreendo...
Decidi criar os muros para me proteger.
Decidi não sofrer mais...
Mas a Brisa continua a passar...
Continua a transportar nos seus uivos,
noticias do inferno exterior...
Continua a romper as minhas defesas,
despejando a realidade no meu mundo.
E eu acocorado a um canto do meu quadrado,
choro de pavor.
O mundo que criei,
será continuamente devassado,
Pela brisa que despreocupada,
me procura incessantemente,
destruindo o meu último refúgio,
destruindo-me...

Cumprimentos a todos
SMA

Become a member to create a blog